3 Passeios culturais para fazer em Bolonha

Autor(a):

Bolonha é o tipo é a típica cidade apaixonante da Itália que faz com que qualquer turista não queira mais sair de lá.   Além do mais, você sabia que Bolonha é uma das cidades mais antigas da Itália? Os primeiros registros foram encontrados em 500 a.C., sendo que nessa época a cidade sequer havia sido colonizada pelos Romanos.

Foi somente em torno de 300 anos a.C., quando o império romano caiu, que Bolonha foi incorporada ao Império Bizantino, e então os romanos passaram a deter o controle na região. No entanto, foi em 700 d.C. que Bolonha conseguiu a sua independência. Mas como a história da cidade sempre foi muito turbulenta. Em torno de 800 anos depois, Bolonha passou a ser controlada pelas autoridades da igreja católica, isto é, o papa que governava na época.

Então, mais ou menos 200 anos depois, foi Napoleão Bonaparte que tomou o controle da cidade e passou a comandar a região. Em 1939, Bolonha foi totalmente destruída durante a Segunda Guerra Mundial e foram necessárias décadas para reerguer suas construções. Hoje, Bolonha tem uma das universidades mais importantes do mundo, a Universidade de Bolonha, que foi construída em 1088 d.C. 

Há quem acredite que a universidade mais antiga do mundo é a de Oxford, mas a de Bolonha é ainda mais antiga. Como você pode perceber,  a história da cidade foi muito turbulenta, mas não fez com que ela deixasse de ser uma das cidades mais interessantes do mundo para ser visitada. Confira a seguir alguns passeios culturais imperdíveis.

1- Conheça a Basílica de São Petrônio

Um dos primeiros passeios que você deve fazer ao conhecer a Bolonha é passear pela Basílica de São Petrônio, um ponto que encanta qualquer turista. Inclusive, hoje é considerado uma das igrejas católicas mais antigas do mundo,  além de ser uma das maiores, pois a sua capacidade total é para 28 mil pessoas.

Sua construção se iniciou em torno de 1570 d.C., mas ela nunca foi concluída. Até hoje algumas obras permanecem incompletas. Ela foi erguida com base na arquitetura gótica, um estilo predominante da época. Tanto é que você perceberá que muitas das igrejas e catedrais seguem o mesmo estilo arquitetônico. Mas a Basílica não surpreende só por fora, como também por dentro. Em seu interior, existem colunas gigantes que sustentam a igreja cheias de detalhes e desenhos. E se você olhar a Basílica por fora, perceberá que ela é repartida ao meio, sendo que a metade inferior foi construída em mármore, e a superior em tijolos, provavelmente pelo fato de a obra estar inacabada.

Inclusive, na parte que foi construída com mármore, olhando um pouco mais de perto, você vai reparar que existem pequenas esculturas espalhadas na pedra para reproduzir alguns trechos da Bíblia católica.

2- Conheça o Palazzo Dell’Archiginnasio

Este é outro ponto turístico que você não pode deixar de conhecer em Bolonha. Você sabia que este prédio já foi utilizado para ser a sede da Universidade de Bolonha alguns séculos atrás? Dentro do Palácio, você encontrará uma porção de esculturas, salas, luzes e arcos, inclusive quadros do corpo docente da universidade de décadas atrás.

Inclusive, dentro do prédio, você poderá ter acesso a muitas salas que foram utilizadas por algumas personalidades históricas, e também passear por dentro do teatro anatômico, que foi utilizado nos primórdios pelos primeiros estudantes de medicina da Universidade de Bolonha. Vale a pena separar um tempinho também para conhecer a famosa Biblioteca Archiginnasio,  uma das mais antigas da Itália. Infelizmente, a estrutura original foi destruída durante a Segunda Guerra Mundial, mas ao longo das décadas, foi sendo reconstruída.

3- Fico Eataly

Se você gosta da culinária italiana, vale muito a pena conhecer este lugar. Existem muitas opções de massas, queijos, doces, pães e vinhos.  É impossível resistir ao cardápio do local. Ele fica localizado em Bolonha e foi construído em 2017, mas também existe uma unidade na cidade de São Paulo, caso você queira provar um pouquinho mais da gastronomia italiana sem precisar viajar para Europa.

O lugar é bem grande, então vale a pena separar algumas horas para conhecer e até mesmo para comprar alguns ingredientes para depois preparar um prato em casa. Só para você ter uma ideia, o prédio tem mais de 100.000 m2, o que que vale a 10 campos de futebol. Portanto, tem muita coisa para conhecer.

No total, há 45 restaurantes e 40 fábricas abertas ao público. Mas não se preocupe tanto com o tamanho, pois existem elevadores, escada rolante, e você não precisa necessariamente conhecer o prédio inteiro, mas vale muito a pena conhecer os principais restaurantes. Inclusive, é permitido utilizar bicicletas dentro do estabelecimento, e existem vias específicas para isso. Existe até um cinema lá dentro! Então, ficou interessado em conhecer Bolonha? Para você viajar em segurança, é fundamental contratar um seguro viagem antes de preparar suas malas para Itália. Acesse aqui para conhecer um dos melhores seguros do mercado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

sete + 11 =