Formação: como é a Residência Medica em radiologia?

Autor(a):

Radiologia é uma área da medicina que usa vários métodos para encontrar possíveis problemas no corpo. Essa área é bem ampla e tem aplicações em outros segmentos, como odontológico, veterinário e até ambiental.

Para saber um pouco mais sobre como é a Residência Médica em radiologia, basta continuar lendo este conteúdo!

Radiologia e Diagnóstico por Imagem

Como dito acima, a radiologia usa raio X, ultrassom, ressonância magnética e outros meios para analisar o interior do corpo. Através desse diagnóstico por imagem, é possível identificar os problemas de modo mais preciso e ainda no estágio inicial.

Hoje em dia, além de seu uso na medicina, essa área também é útil em outros setores. Como por exemplo, a tomografia computadorizada, que pode ser útil para descobrir qual a origem de uma múmia.

Enquanto a radiologia forense faz parte da medicina legal e pode ajudar a resolver crimes. Confira logo abaixo algumas das outras aplicações em radiologia:

  • Esterilização de produtos;
  • Conservação de alimentos;
  • Envelhecimento da cachaça;
  • Preservação de obras de artes.

Radiologista e sua rotina

Radiologia e Diagnóstico por Imagem está entre as especialidades mais populares, com cerca de 12.233 médicos radiologistas. Por se tratar da especialidade médica que mais evolui nesses últimos anos, ela conta com um mercado muito competitivo.

O radiologista é o responsável por interpretar os exames, para poder fazer um diagnóstico preciso. Para desempenhar o seu papel da melhor forma possível, é preciso que ele seja versátil e conheça bem todas as áreas da Medicina.

Além disso, ele também deve sempre estar disposto a interagir com as outras especialidades e colegas. Assim como também precisa sempre estar a par de tudo, tendo em vista que precisa lidar com equipamentos de alta tecnologia.

Áreas de atuação na Radiologia

A Radiologia conta com duas grandes áreas de atuação: diagnóstico por imagem e radiologia intervencionista. Ambas têm suas próprias subespecialidades, sendo que a primeira é dividida entre:

  • Neurorradiologia;
  • Medicina interna;
  • Radiologia torácica;
  • Radiologia musculoesquelética.

Enquanto na segunda, o médico usa métodos de imagem para orientar as operações para localizar o problemas. Suas subdivisões são:

  • Vascular;
  • Neurovascular;
  • Oncológica.

Vale notar que ainda há diversas áreas de atuação, que abrangem tanto a parte intervencionista como por diagnóstico por imagem.

A Residência Médica em Radiologia

A Residência em Radiologia e Diagnóstico por Imagem é de acesso direto e tende a durar cerca de três anos, em uma instituição credenciada pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM/MEC).

A carga horária da Residência Médica em Radiologia é de 60 horas por semana, divididas entre:

  • Agendas de exames eletivos;
  • Sessões de laudos;
  • Aulas e sessões científicas;
  • Plantões em pronto-socorro.

Nesse período, o residente irá aprender a executar e interpretar os diversos métodos da área. Após concluir, ele ainda deverá fazer algumas provas teóricas e práticas do exame de suficiência do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR).

Só após ser aprovado que ele receberá então o seu título de especialista em radiologia médica. Ele então poderá atuar em Hospitais, Clínicas de Radiologia, Clínicas de Diagnóstico por Imagem ou em Laboratórios Ambulatoriais.

Rotina de trabalho

A entrada nessa área, na maioria das vezes, ocorre através de agendas de ultrassonografia e plantões. São poucos os hospitais que têm mais de um radiologista de plantão.

Sendo assim, na prática hospitalar, o profissional atuará sozinho e dará suporte a equipe de clínicos. Isso significa que serão 12 horas de plantão sem um descanso.

No entanto, o lado positivo é que não tem tantos estresses quanto a rotina de um médico. A rotina de trabalho também consiste em orientar e emitir laudos da ressonância magnética, entre outras atividades.

Mercado de trabalho e remuneração na Radiologia

Com base no estudo Demografia Médica no Brasil, de 2020, há cerca de 14.225 radiologistas no Brasil. Ou seja, o mercado de trabalho para essa área está sempre expansão.

É válido destacar que qualquer outra área da medicina recorre ao radiologista para realizar ou completar um diagnóstico. Assim como também, algumas pesquisas exibem que essa área está entre as que mais tiveram um aumento das vagas na pandemia.

Esse aumento chegou a 732%, em relação ao ano anterior em 2019. O CONTER (Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia), afirma que esse aumento é devido à importância desse trabalho nessa batalha contra o coronavírus.

Já que, através dos exames de imagens, é possível identificar problemas nos pulmões, um dos principais órgãos acometido pelo vírus.

Áreas de atuação

Como você já sabe, é possível atuar em uma série de ambientes, tanto privado quanto público e com vários métodos de imagens. As chances de trabalho para essa carreira variam entre regime de plantão, períodos de laudos e até mesmo por meio da telemedicina, onde ele poderá atuar em casa.

Caso o radiologista entenda de gestão, custos dos aparelhos e insumos, como funcionam os sistemas modernos de processamento das imagens, é possível que ele tenha uma vantagem ainda maior no mercado de trabalho.

Aqui no Brasil, um radiologista ganha cerca de R$ 5.029,64 para uma jornada de trabalho de 27 horas por semana. Conforme aponta os dados de uma pesquisa do Salario.com.br e os dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web.

Entre o período de Outubro de 2020 até setembro de 2021, foi feito uma análise do teto salarial, que pode chegar até R$ 11.731,44. Entre as cidades com mais vagas de emprego para essa área, estão no Rio de Janeiro e São Paulo.

Conclusão

Viu só como é a Residência Médica em Radiologia e quais são as áreas de atuação? Sem dúvida, apesar de competitivo, o mercado é bem amplo e com várias chances de emprego. Por fim, caso tenha gostado desse conteúdo, não esqueça de enviar para os seus amigos que também têm interesse nessa área!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × dois =